Jack Russel Terrier

Padrão Oficial

Jack Russel

PADRÃO OFICIAL
Classificação F.C.I.:
Grupo 3 – Terriers
Seção 2 – Terriers de Pequeno Porte
Padrão FCI no 345 – 09 de agosto de 2004.

País de origem: Inglaterra

País de desenvolvimento: Austrália

Nome no país de origem: Jack Russell Terrier

Utilização: Um bom terrier com habilidade para a caça. Excelente cão de companhia.
Sujeito à prova de trabalho para Campeonato Internacional.

ASPECTO GERAL: um terrier forte, ativo, com agilidade para o trabalho de grande caráter com o corpo flexível de comprimento médio. Seus espertos movimentos confirma sua sagaz expressão. A amputação da cauda é opcional e a pelagem pode ser lisa, áspera ou de arame.

PROPORÇÕES: no geral é um cão mais longo que alto.
• a profundidade de peito é igual ao comprimento do membro anterior dos cotovelos ao solo.
• o perímetro torácico atrás dos cotovelos deve ser em torno de 40 a 43 cm.

TALHE: altura na Cernelha
• Macho:
• Altura Máxima: 30 cm
• Altura Mínima: 25 cm
• Altura Ideal: padrão não comenta.

• Fêmea:
• Altura Máxima: padrão não comenta
• Altura Mínima: padrão não comenta
• Altura Ideal: padrão não comenta.

• COMPRIMENTO: padrão não comenta.

• PESO: sendo o equivalente de um quilo para cada centímetro de altura, isto é, um cão de 25 cm de altura deve pesar aproximadamente 5 quilos e um de 30 cm deve pesar 6 quilos.

TEMPERAMENTO: um terrier vivaz, alerta e ativo com uma expressão sagaz e inteligente. Arrojado e destemido, amigável, mas calmamente confiante.

PELAGEM:
• Pêlos: podem ser lisos, de arame ou ásperos. Devem ser resistentes às intempéries. A pelagem não podem ser alterada por tosa (stripping) para parecer lisa ou de arame.

COR: o branco deve predominar com o preto com ou sem marcação castanha. A marcação castanha pode ser do castanho claro ao castanho rico.

REGIÃO CRANIANA
• Crânio: deve ser plano e moderadamente largo diminuindo gradualmente na largura para os olhos e afilando para um largo focinho.
• Stop: bem definido, sem ser pronunciado em demasia.

REGIÃO FACIAL
• Focinho: seu comprimento do stop à ponta da trufa deve ser ligeiramente mais curto do que do stop ao occipital.
• Trufa: preta.
• Lábios: fortemente ajustados e pigmentados de preto.
• Bochecha: a musculatura deve ser bem desenvolvida.
• Mordedura: muito fortes, profundos largos e poderosos. Dentes fortes ocluindo com mordedura em tesoura.
• Olhos: pequenos, amendoados, escuros com uma expressão de sagacidade. Não devem ser proeminentes e as pálpebras devem ser bem ajustadas. A orla das pálpebras deve ser pigmentada de preto.
• Orelhas: em botão ou caídas de boa textura e grande mobilidade.

PESCOÇO: forte e bem delineado propiciando um porte equilibrado da cabeça.

TRONCO
• Linha superior: padrão não comenta
• Cernelha: padrão não comenta
• Dorso: nivelado.
• Peito: mais profundo que largo, com bom espaço do solo, proporcionando o esterno ficar na meia distância da cernelha ao solo. A ponta do esterno fica na mesma altura que a ponta dos ombros.
• Costelas: bem arqueadas desde a espinha vertebral achatando-se lateralmente de forma que o perímetro torácico atrás dos cotovelos pode ser avaliado com as duas mãos – em torno de 40 a 43 cm.
• Ventre: padrão não comenta
• Lombo: curtos fortes e profundamente musculado.
• Garupa: padrão não comenta

MEMBROS
• Anteriores: padrão não comenta
• Ombros: bem inclinados para trás, sem serem excessivamente carregados por músculos.
• Braços: de comprimento e angulação suficiente para assegurar cotovelos sob o tronco.
• Cotovelos: Padrão não comenta
• Antebraços: de ossatura reta dos cotovelos ao solo quer visto de frente ou de perfil.
• Carpos: padrão não comenta
• Metacarpos: padrão não comenta
• Patas: redondas, duras, bem acolchoadas, sem ser largas, dígitos moderadamente arqueados e corretamente direcionados para frente. Posteriores – fortes e musculosos, equilibrados em proporção aos ombros.
• Coxas: padrão não comenta
• Joelhos: bem angulados.
• Pernas: Padrão não comenta
• Metatarsos: padrão não comenta
• Jarretes: curtos.
• Patas: redondas, duras, bem acolchoadas, sem ser largas, dígitos moderadamente arqueados e corretamente direcionados para frente.

CAUDA: pode ficar pendente em repouso. Em movimentação deve ficar erguida e se amputada a ponta deve ficar no mesmo nível das orelhas.

MOVIMENTAÇÃO: real, fluente e propulsiva.

FALTAS: qualquer desvio dos termos deste padrão deverá ser considerado como falta e penalizado na exata proporção de sua gravidade e seus efeitos sobre a saúde e o bem estar do cão. Entretanto as seguintes faltas devem ser particularmente penalisadas.
• Faltas das reais características terrier.
• Falta de proporção, isto é, excesso em qualquer dos itens.
• Lentidão ou movimentação deficiente.
• Faltas na mordedura/dentadura.

FALTAS GRAVES: padrão não comenta.

FALTAS ELIMINATÓRIAS: todo cão que apresentar qualquer sinal de anomalia física ou comportamental deve ser desqualificado.

NOTA: os machos devem apresentar dois testículos de aparência normal, bem desenvolvidos e acomodados na bolsa escrotal.

Pedigree e Garantia de Filhotes

Pedigree e Garantia
Nossos filhotes possuem pedigree, e são vacinados e vermifugados de acordo com a idade.

Transporte de Filhotes

Transporte de Filhotes
Adquira um Filhote na MultiDog e tenha a certeza que ele chegará bem até você!

Formas de Pagamento de Filhotes

12 x no Cartão de crédito
Parcelamos os filhotes no cartão em até 12 vezes, com toda a segurança.

MultiDog Filhotes. Todos os direitos reservados.